Os novos 4 anos - parte II

Há algum tempo atrás, conversamos sobre televisão, lembram? Chegou a hora de tocar no assunto de novo, só que de forma diferente. Pois bem, diariamente, o horário "nobre" de nossas emissoras recebe, a partir do dia 17 de agosto, a propaganda eleitoral gratuita. Antes que surjam os desesperados dizendo "que grande besteira! Por que não começa logo a novela?", vamos aos fatos:


Bem, pra começar, acredito que Fernanda Montenegro e Tony Ramos não vão governar seu país nos próximos quatro anos (embora possam governar sua TV por nove meses). Tudo bem, o horário político definitivamente não é lá o programa preferido de muita gente. Mas tem algo que o difere dos demais: é NECESSÁRIO. Acompanhe: apresento-lhe o meu amigo Rogério, coitado, que "não tá nem aí" pra propaganda política. Chegam as eleições e ele vota em um candidato que não conhece, simplesmente porque tinha um cartaz com o número dele no caminho para a votação ou porque disseram para votar nesse tal candidato. Rogério vota, o candidato é eleito e um monte de coisas desagradáveis acontecem com a vida social de Rogério e sua família. É então que nosso herói descobre que seu candidato era a favor de um monte de coisas que o Rogério é contra, e já demonstrava isso desde seus discursos na TV.


O exemplo é simples e pode parecer caricato. Mas não é. Muitos dos erros dos brasileiros, infelizmente, ainda são cometidos por falta de informação. Como se informar sobre política??? Ora, o caminho mais fácil é a TV. Tá lá todo dia, na sala da sua casa. Cabe a você acompanhar seu candidato, vê-lo, observá-lo.


Aí tem a galera que diz: "pra que horário político? Todo mundo já sabe que vão prometer um monte de coisas que não vão cumprir..." Será mesmo? Bem, se ninguém viu, ninguém assistiu, como podem afirmar que de fato houve tais promessas? É preciso ficar atento, manter-se informado e assim ter os argumentos e as bases necessárias para lutar sério por seus direitos. Afinal, seu voto contribuirá para a história de todo um país nos novos 4 anos que vêm por aí.

Valeu!

Davi Ferreira

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. É meu caro...
    Em pensar que nós escolhemos nosso futuro...
    O futuro de nosso país!!!
    Nem do nosso cuidamos direito.
    Se não cuida-se do próprio futuro.. imagine de uma nação.. estado ou cidade!!!

    CONCIENTIZAÇÃO..

    É disso que precisamos!!

    ResponderExcluir

Tem alguma sugestão, crítica, reclamação? Sua opinião é muito importante! Fique à vontade para deixar sua mensagem sobre o Blog Olhando de Frente: